Curta a nossa página
14/08 10h54 2017 Você está aqui: Home / Amor e sexo TV Foco Imprimir postagem

Universal pede dinheiro dos fiéis para bater novo recorde de bilheteria com filme de Edir Macedo

Após “Os Dez Mandamentos” bater o recorde nacional de maior bilheteria, a Igreja Universal do Reino de Deus quer bater um novo recorde com a primeira parte do filme sobre Edir Macedo, “Nada a Perder”.

O filme chegará aos cinemas no dia 1° de fevereiro, mas a campanha para bater todos os recordes do cinema nacional começa no mês que vem, como informa o jornalista Daniel Castro.

Em reunião com lideranças da Igreja Universal do Reino de Deus, na semana passada, o bispo Clodomir Santos definiu a estratégia para que o longa-metragem tenha 22 milhões de espectadores. Ou seja: o dobro que “Os Dez Mandamentos” fez no ano passado.

A estratégia começa por mobilizar todos os programas e estrelas da Record, e depois pastores e obreiros de todo o país para pedirem dinheiro aos frequentadores das Igrejas da Universal, com a finalidade de comprar ingressos para “quem não tem condições”.

Foi o mesmo que aconteceu no ano passado com “Os Dez Mandamentos”, quando a igreja arrecadou dinheiro e comprou ingressos antecipadamente. Uma pessoa que esteve na reunião à portas fechadas do bispo disse que a igreja não vai aceitar “desculpas” para não alcançar a missão de levar 22 milhões de pessoas.

Em setembro, os pastores começarão a fazer um trabalho de marketing e começar a arrecadar fundos. Querem vender o filme como uma história de superação e deixar de lado temas como charlatanismo, estelionato e curandeirismo, que renderam ao bispo a prisão em 1992.

O Bispo Clodomir Santos falou o que deve ser dito: “Edir Macedo é uma pessoa que veio do nada e venceu tudo. E foi usado por Deus como instrumento para salvar milhões de almas”. Além disso, os fieis tem que achar que são como os seguidores de Davi, que fizeram o pastor de ovelhas virar o rei de Israel. Eles são os “valentes de hoje”, disse Clodomir Santos.

“Nada a Perder” tem o orçamento de R$ 16 milhões, sob a direção de Walter Avancini, e começou a ser filmado em maio. No elenco, Petrônio Gontijo, Day Mesquita, André Gonçalves, Dalton Vigh, Beth Goulart e Marcello Airoldi.


Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Notícias relacionadas