Curta a nossa página
01/08 20h20 2019 Você está aqui: Home / Televisão Emanuel Vital Imprimir postagem

Dony de Nuccio pede demissão após envolvimento com banco

O apresentador do Jornal Hoje, Dony de Nuccio, 35, pediu demissão do Grupo Globo nesta quinta-feira (1°) após reportagem do site Notícias da TV revelar que o jornalista havia recebido mais de R$ 7 milhões, em dois anos, para produzir conteúdo para o Banco Bradesco.

"Nas últimas semanas me vi mergulhado em uma infindável onda de ataques, com a vida dentro e fora da Globo vasculhada e revirada, sigilos fiscais violados, endereços expostos, trabalhos de exclusiva veiculação interna publicados, e até emails privados hackeados", disse Nuccio, em carta enviada ao diretor de jornalismo da Globo, Ali Kamel.

"Quanto mais perto estamos do topo da montanha, mais forte é o vento. E é esperado que seja assim. Mas essa contínua campanha para me destruir e sangrar a qualquer custo não pode prosperar. Não faz bem nem a mim, nem à minha família e nem à emissora. Não é justo com nenhum de nós. Por esse motivo, embora com aperto no coração, solicito meu afastamento do telejornalismo", completa.

De acordo com o site Notícias da TV, Nuccio participava de eventos institucionais por meio de vídeos, road shows telepresenciais, cartilhas e palestras para a instituição financeira. O site mostrou ainda troca de emails entre o jornalista e o Bradesco no qual o âncora negociava valores com a instituição financeira, como um novo contrato que geraria uma receita de mais de R$ 60 milhões, em três anos, para o âncora.

A reportem do site de notícias mostra ainda cópia de 25 notas fiscais, emitidas entre 12 de julho de 2017 e 17 de junho deste ano, pela empresa da qual Nuccio é sócio. Desse total, oito notas foram canceladas e as demais foram faturadas, somando um total de R$ 7.239.692.

As notas, segundo Notícias da TV, foram emitidas pela Prime Talk Produções e Assessoria Ltda para Banco Bradesco e, apenas uma, para Bradesco Seguros. A empresa Prime Talk foi aberta em 15 de março de 2017 por Adonay de Nuccio, nome verdadeiro do âncora do JH, e pelo economista Samy Dana, que participava de vários programas do Grupo Globo e que foi dispensado na semana passada.

"Como afirmei anteriormente, não tinha conhecimento de que os tipos de serviços prestados pela empresa à qual estava ligado contrariavam normas da Globo. Reitero que minha função não era negociar valores com clientes, mas sim trabalhar na concepção dos projetos e em seu conteúdo", disse o jornalista.

Na mesma carta, Nuccio diz ainda que entende que o "escopo dos serviços prestados ultrapassa os limites do que a Globo espera de seus jornalistas". "E lamento que, mesmo sem dolo, não tenha percebido isso antes. Não quero mais -por qualquer que seja o artigo ou vazamento na contínua tentativa de destruir minha reputação- constranger você, a Globo ou a minha família."

De acordo com a reportagem do Notícias da TV, a empresa de Nuccio ficava próxima aos Estúdios da Globo, na região da Berrini, e ao menos 30 profissionais trabalhavam nela para produção de conteúdo para o Bradesco -vários deles, segundo o site, eram funcionários da Globo.

Na carta, Nuccio afirma que pede seu desligamento da emissora com o espírito leve e com a consciência tranquila, porque "jamais ajo de má-fé". "Jamais tive o intuito de burlar regras ou obter benefício que julgasse incompatível com as funções que ocupava na emissora (isso sim, seria incompatível com a minha história pessoal). Trabalhei, duro e dobrado, para complementar a renda, fora do horário da Globo, e dentro dos limites que ao meu ver eram compatíveis e aceitáveis. Se errei, não foi com dolo, e humildemente peço desculpas."

"Entendo que é absolutamente sincero quando afirma que não agiu com dolo, e esta carta é uma prova eloquente disto. Nossa longa conversa de hoje cedo permitiu que eu entendesse as suas motivações e você entendesse as razões da Globo", disse Ali Kamel, diretor de Jornalismo da Globo.

NOVO WILLIAM BONNER

Estrela ascendente do jornalismo da Globo, Dony de Nuccio era cotado para ser o substituto de William Bonner na apresentação do Jornal Nacional. Com a saída de Evaristo Costa da Globo em 2017, Nuccio ganhou projeção ao deixar o Jornal das Dez, da GloboNews, para apresentar o Jornal Hoje ao lado de Sandra Annenberg em rede aberta.

Em janeiro deste ano, Nuccio entrou para o rodízio de apresentadores na bancada do Jornal Nacional. O jornalista entrou na emissora em 2011 como repórter do Jornal da Globo, e passou por vários telejornais, como Bom dia São Paulo e SPTV. Além disso, o jornalista também foi comentarista de economia do Hora 1 (Globo) e apresentador do programa Conta Corrente, da GloboNews.

Sandra Annenberg apresentou o Jornal Hoje sozinha na edição desta quinta-feira (1°). Ela não proferiu nenhum comentário sobre a demissão do agora ex-colega de bancada.

 

Fonte: Folhapress


Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Notícias relacionadas