Curta a nossa página
03/01 11h36 2020 Você está aqui: Home / Bem-estar Emanuel Vital Imprimir postagem

Uso de antibióticos pode aumentar risco de alergias, diz estudo

Um estudo publicado recentemente na revista científica Jama Pediatrics alerta para o uso indiscriminado de antibióticos em crianças. De acordo com o trabalho, tomar esse tipo de medicamento na infância pode aumentar o risco de desenvolver alergias alimentares, asma, dermatites, renites e conjuntivites.

A pesquisa foi feita a partir de dados de 798.426 crianças cujas informações médicas foram recolhidas pelo Sistema Militar de Saúde (rede que atende militares e familiares nos EUA) entre 2001 e 2013. Cerca de 17% do grupo pesquisado foi tratado com um ou mais de um tipo de antibióticos, entre eles medicamentos à base de penincilina, penincilina com inibidor de beta-lactamase, cefalosporina, sulfonamida e macrólido.

 

O uso de penincilina aumentou o risco de alergias em cerca de 30%, o de macrólido em 28%, o de cefalosporina em 19% em comparação com as crianças que não receberam prescrições de antibióticos.

O uso de antibióticos tem sido colocado na berlinda por conta da possibilidade de surgimento de problemas imunológicos e de uma geração de bactérias resistentes aos medicamentos, as chamadas superbactérias.

O autor do trabalho, Sidney E. Zven, foi cauteloso ao comentar a pesquisa: “Não queremos aumentar o medo de antibióticos. Quando uma criança precisa de um antibiótico, ele deve absolutamente tomá-lo. Mas temos que dizer aos pais por que estamos prescrevendo ou não. É realmente importante concentrar-se na administração de antibióticos. Na minha perspectiva, essa é uma das principais implicações do estudo.” 

 

(Com informações do The New York Times)

 
 


Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Notícias relacionadas