Curta a nossa página
11/12 15h29 2017 Você está aqui: Home / Geral Emanuel Vital Imprimir postagem

Negro é 3,3 vezes mais vulnerável a assassinatos que branco no Piauí

O jovem piauiense negro é 3,3 vezes mais vulnerável a assassinatos que um jovem piauiense branco. O indicador coloca o Piauí como o 13º estado mais perigoso para jovens negros, com valores acima da média nacional que mostram que o jovem negro brasileiro tem 2,7 vezes mais chances de ser assassinado que um jovem brasileiro branco.

Em nível de Nordeste, o Piauí é o penúltimo colocado, ficando atrás apenas do Maranhão, que possui um índice de 2,2.

Por outro lado, o estado mais violento para negros no Brasil é Alagoas. A unidade federativa é 12,7 vezes mais perigosa para jovens negros que brancos. Em último lugar figura Santa Catarina, com um índice de 0,8. Mas vale ressaltar que este caso é justificado pela predominância étnica da região.

Os dados são do Índice de Vulnerabilidade Juvenil à Violência, estudo organizado pela Secretaria Nacional de Juventude (SNJ) da Presidência da República e a Representação no Brasil da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco no Brasil), com apoio técnico do Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

O estudo é importante para traçar políticas públicas e medidas protetivas que possam abarcar com propriedade a população afrodescendente no Brasil, que apesar de ser maioria, enfrenta as marcas do passado escravocrata do país.

 

MN


Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Notícias relacionadas