Curta a nossa página
28/05 10h48 2019 Você está aqui: Home / Cidades Emanuel Vital Imprimir postagem

Ex-aluno tenta atacar crianças e professores em escola do interior do Piauí

Um adolescente foi apreendido após invadir uma escola no município de Campo Largo do Piauí, no Norte do Estado. O caso ocorreu na tarde desta segunda-feira (27) na Unidade Escolar Helvídio Nunes que fica no Povoado Costa, onde um ex-aluno, de 17 anos, pulou o muro do colégio e invadiu uma sala de aula para ameaçar vários alunos com uma faca.

Uma professora ‘negociou’ com o menor e conseguiu colocar as crianças e entrar num banheiro. Enquanto isso, os alunos de outras turmas trancaram as salas e os professores acionaram a Polícia Militar. Enquanto a PM não chegava, a professora relatou que o menor fica passando a faca no vão que havia debaixo da porta do banheiro e ameaçava a todo instante que iria ‘matar a todos’. No momento da confusão, havia cerca de 80 anos na unidade escolar que durante o dia funciona com ensino infantil, já a noite é para alunos do ensino médio.

Minutos depois, uma guarnição da PM de Campo Largo do Piauí e outro de Matias Olímpio chegou ao local e identificou o adolescente tentando sair da escola. Ele acabou sendo apreendido e com ele a polícia encontrou uma mochila com um facão e um canivete, além da faca que ele já portava, bem como duas tocas ninjas. O adolescente foi apreendido e levado para o Hospital de Esperantina onde foi medicado.

Segundo a mãe do adolescente, que compareceu ao local, o filho sofre de problemas mentais e já teria inclusive tido um surto nessa mesma escola no ano passado, quando ainda era estudante. Ele inclusive estaria sendo acompanhado por equipes de saúde, sendo que na última sexta-feira (24) passou por uma consulta com um psiquiatra, mas a mãe não pode ainda comprar os remédios, porque os medicamentos seriam muito caros, por isso, o adolescente ainda não os teria tomado.

A PM ainda informou que, felizmente, ninguém ficou ferido na ocorrência e que vai acompanhar o caso e se manter sob vigilância. A Secretaria de Saúde do município também teria informado que vai ajudar a mãe do adolescente a comprar os medicamentos necessários ao filho dela.

 

Fonte: revistaaz


Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Notícias relacionadas