Curta a nossa página
30/07 23h01 2019 Você está aqui: Home / Reportagem Especial Emanuel Vital Imprimir postagem

Vale do Frade: um santuário ecológico em pleno o semiárido do Piauí

Um verdadeiro Santuário Ecológico se esconde no Assentamento Fortaleza Fazenda Frade no município de São João da Varjota. A localidade fica a margem esquerda da BR-230, no sentido São João da Varjota-Oeiras.

Encravado em pleno semiárido, o local encanta por sua vegetação natural bastante preservada que se alterna entre a caatinga, o cerrado e os cocais. No local, a presença de formações rochosas magníficas que se revezam entre grutas, paredões e grandes abismos.

Um grupo de aventureiros se entregou às belezas do lugar e durante aproximadamente 06 quilômetros de exaustiva caminhada, mesmo assim, se encantaram com a mata, morros, cachoeiras, riachos, olhos d’água e um cânion.

O país está devendo muito para a proteção da caatinga. É o bioma mais alterado pela ação do homem e nunca se deu muita importância a ele. No entanto, o que se vê nos 648 hectares de terra do Frade é uma bioma quase que em sua plenitude preservado. Sendo 14,5 hectares na APP - Área de Preservação Permanente e 148 na Reserva Legal em torno no Riacho do Frade.

A presença de uma fauna riquíssima e constituída por espécies como a onça parda, tatus, cutias, pacas, preás, macacos, tucanos, cobras, veado dentre muitos outros, também são vistos no ecossistema, é o que afirmam os moradores.

 

'Exuberância extrema'

“Barbaramente estéreis; maravilhosamente exuberantes… Na plenitude das secas são positivamente o deserto… Ao sobrevir das chuvas, a terra, como vimos, transfigura-se em mutações fantásticas, contrastando com a desolação anterior. Os vales secos fazem-se rios. Insulam-se os cômoros escalvados, repentinamente verdejantes. A vegetação recama de flores… Da extrema aridez à exuberância extrema…”Euclides da Cunha (1866-1909), em “Os Sertões”, ao se referir aos contrastes da Caatinga nas estações seca e chuvosa.

 

Parque Ecológico

Após conhecer tanta beleza natural, a intenção é intensificar o processo de preservação da biodiversidade local. Para tanto já há a proposição de criação do Parque Ecológico no Assentamento Fazenda Frade.

Os parques constituem unidades de conservação, terrestres e/ou aquáticas, normalmente extensas, destinadas à proteção de áreas representativas de ecossistemas, podendo também ser áreas dotadas de atributos naturais ou paisagísticos notáveis, sítios geológicos de grande interesse científico, educacional, recreativo ou turístico.

A finalidade dessa unidade é resguardar atributos excepcionais da natureza, conciliando a proteção integral da flora, da fauna e das belezas naturais com a utilização para objetivos científicos, educacionais e recreativo.

Assim, os parques são áreas destinadas para fins de conservação, pesquisa e turismo. Podem ser criados no âmbito nacional, estadual ou municipal, em terras de seu domínio, ou que devem ser desapropriadas para esse fim.

Comunidade mantém tradição da farinhada

A comunidade Fortaleza Fazenda Frade é constituída por 14 famílias que vivem basicamente da atividade agrícola de subsistência. Por lá, se assiste ainda ao cultivo e beneficiamento da mandioca, prática tradicional na região, já melhorada pelo auxílio de máquinas elétricas.

Não precisa ir muito longe para achar a chamada “Casa de Farinha”, onde as pessoas reúnem-se para preparar esse popular e quase imprescindível alimento no Brasil. Eles juntam-se em grupos por famílias. O trabalho começa “na roça”, onde os homens plantam, cultivam e colhem a macaxeira, também chamada de mandioca.

Em seguida realizam a arranca da mandioca e a levam à casa de farinha, raspam, trituram, lavam a massa para a produção da goma, prensam, peneiram e depois fornada na massa para transformá-la em farinha.

 

 

Redação|Folhadeoeiras

 

 


Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Notícias relacionadas