Curta a nossa página
03/10 17h53 2019 Você está aqui: Home / Educação Emanuel Vital Imprimir postagem

Governo do Piauí lança plano para aplicar R$ 1,6 bilhão de verba extra para Educação

Com a presença do secretário do Tribunal de Contas da União (TCU), Luís Xavier Passos, o governador Wellington Dias (PT) lançou nesta quinta-feira (3) o plano de gastos relacionado ao recurso extra que será recebido pelo governo no valor de R$ 1,6 bilhão.  

O recurso é referente a venda dos precatórios do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (Fundef).

Ano passado, o TCU proibiu o uso de recursos dos precatórios do antigo Fundef para o pagamento de salários e passivos trabalhistas de professores.

O valor é estimado em R$ 90 bilhões para todo o País e vem sendo pago conforme decisões judiciais. O fundo serve para que a União destine recursos complementares para a educação básica aos estados e municípios.

Para conseguir o desbloqueio, o governo teve que se adequar a legislação que diz ser preciso apresentar um plano que mostre que os recursos serão usados para o desenvolvimento e manutenção da educação básica. 

"Não podemos perder ninguém. A escola tem que ser inclusiva. Os profissionais da educação devem colocar os conhecimentos para que todos possam ter o fluxo educacional adequado. O Piauí é o terceiro estado em alunos do ensino médio em educação profissional. Isso faz parte da proposta de universalizar a educação profissional. Vamos investir em programas de Alfabetização e Avanço na Escolaridade de Jovens e Adultos, Programa de Valorização e Fortalecimento da Gestão Escolar, de Formação dos Profissionais Educação, de Fortalecimento e Expansão da Educação Profissional, programas Pedagógicos de Avanço na Aprendizagem e Fluxo Escolar. E claro, com esse recurso vamos investir, também, na construção, recuperação, modernização e atualização tecnológica e da infraestrutura da nossa rede de ensino”, detalhou o secretário Ellen Gera. 

O TCU foi representado pelo secretário que disse que todas as etapas serão acompanhadas de perto. Segundo ele, o órgão vai acompanhar desde o momento em que o dinheiro estiver na conta até o desenvolvimento das atividades previstas no programa.

O governador Wellington Dias afirmou que os recursos são essenciais para desenvolver a educação. "O Piauí sente a crise. Todos os Estados sentem. Mesmo assim fazemos o Piauí avançar. Nossa educação tem evoluído muito. Com esse dinheiro poderemos dar passos maiores, esses recursos representam melhorias para nossa educação", disse.

 

Cidadeverde


Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Notícias relacionadas