Curta a nossa página
21/02 09h49 2020 Você está aqui: Home / Oeiras Emanuel Vital Imprimir postagem

Penitenciária Regional de Oeiras realiza 1º campeonato de futsal

Foi realizada, na última quarta-feira (19), a final do 1º campeonato de futsal da Penitenciária Regional de Oeiras. O Secretário de Justiça, Carlos Edilson, esteve presente e entregou aos reeducandos medalhas e troféus pela participação no torneio. Entre as premiações, estavam o de melhor artilheiro, melhor jogador em quadra, jogador revelação e gol mais bonito. O campeonato aconteceu em parceria com a Secretaria de Esportes e Lazer de Oeiras.

Para Carlos Edilson, o espírito esportivo dos internos foi o grande destaque do campeonato. “Os detentos participaram de maneira educada e positiva. O importante é a integração e participação ativa e tranquila dos reeducandos. É um comportamento que precisamos enaltecer”, conta.

Na solenidade aconteceu, ainda, a entrega do resultado do Exame Nacional do Ensino Médio para Pessoas Privadas de Liberdade (ENEM PPL) e Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos para Pessoas Privadas de Liberdade (ENCCEJA PPL), bem como a certificação aos internos que concluíram o curso de artesanato em feltro, realizado em parceria com a Fundão Dom Alberto, a Pastoral Carcerária e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar).

Segundo o diretor da Penitenciária, Elves Dias, foram 11 reeducandos aprovados no ENEM e sete no ENCCEJA. “Buscamos projetos que contribuam para a ressocialização. Nosso trabalho é fazer com que eles possam ter condições de voltar para a sociedade, para sua família e que tenham oportunidade de construir uma nova vida lá fora”, diz.

Aprovado no ENEM e no ENCCEJA, o reeducando Alessandro Bezerra acredita que a dedicação é fundamental para quem busca a transformação. “Estou buscando me ressocializar e me capacitar para que, quando eu sair daqui, tenha uma chance no mercado de trabalho. Quero mostrar que sou uma pessoa diferente. Sei que quando focamos no nosso objetivo e nosso potencial conseguimos superar nós mesmos”, conclui.


Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Notícias relacionadas