Curta a nossa página
16/05 11h55 2020 Você está aqui: Home / Geral Emanuel Vital Imprimir postagem

Bombeiros e peritos retomam buscas por corpos de piauienses mortos em queda de avião

O Corpo de Bombeiros e peritos criminais retomaram, na manhã deste sábado (16), as buscas pelos corpos da vítimas do acidente aéreo que matou quatro pessoas no município de São Benedito, no Ceará. O avião transportava um paciente com Covid-19 para Teresina. 

O Corpo de Bombeiros confirmou ao Cidadeverde.com que entre os mortos estão o piloto Paulo César Magalhães Costa, dois médicos - Carlo Victor Sousa Rodrigues (residente de cirurgia geral do hospital Santa Maria, em Teresina), Pedro Meneses(médico paciente que estava com Covid-19) e a enfermeira Samara Félix, que é responsável pelo treinamento do Samu Estadual do Piauí. 

O avião caiu em uma região da Serra da Ibiapaba. O Cidadeverde.com obteve informação de  que os corpos serão levados para o Instituto Médico Legal de Fortaleza para identificação.
O comandante do Corpo de Bombeiros de Sobral, coronel Roberto Moraes, informou que as buscas foram retomadas com bombeiros de Sobral e Fortaleza. Os bombeiros estão usando Equipamentos de Proteção Individual  porque uma das vítimas estava com Covid-19. Mais de 10 homens participam da operação.

A pericia da Aeronáutica está se deslocando para o local para levantar as causas do acidente. 

"Os corpos devem ir para Fortaleza porque estão carbonizados. O IML mais próximo é o de Sobral, mas lá não faz exame biológico ", disse o comandante.  O coronel Roberto Moraes informou que há destroços por toda parte e  a Polícia Civil e Aeronáutica estão investigando o caso.

Família em deslocamento 
Irmã da enfermeira Samara Félix, Ana Paula Félix, disse ao Cidadeverde.com que a família está em deslocamento para o Ceará. Por enquanto, o namorado da enfermeira está no local das buscas.

"Estamos muito abalados, ainda sem acreditar. Estamos levando fotos , documentos para ajudar na identificação do corpo", conta Ana Paula.  Samara deixa um filho de 16 anos. 

A coordenadora geral do Samu do Piauí, Chistianne Macêdo, disse que foi uma grande perda a morte da enfermeira Samara Félix, 35 anos.

Enfermeira Samara Félix  (a que faz a selfie)

Servidora efetiva do Estado, Samara  coordenava há 3 anos o Núcleo de Educação e Urgência do Samu estadual. Desde 2011 ela trabalhava no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência. "Estou sem acreditar, impactada. Era uma menina desenrolada, dinâmica, extremamente dedicada, inteligente. Menina que tinha um futuro brilhante, que estava no inicio de carreira", lamentou.

Segundo Christianne, 11h da manhã de ontem Samara ligou para ela  e informou que esse voo era fretado, particular, e que antes ligou para três médicos e nenhum pode ir, mas conseguiu falar com médico Carlo Victor.

 

Cidadeverde

 


Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Notícias relacionadas