Curta a nossa página
07/07 16h39 2020 Você está aqui: Home / Boletim Online SINTE|Oeiras Imprimir postagem

Pesquisa: 60% não aprende e 86% tem dificuldade com aulas remotas no Piauí

Você está aqui: Home / Boletim Online - com SINTE|Oeiras

Na segunda etapa da divulgação da Consulta Pública sobre as aulas remotas da educação básica do Piauí, realizada pelo SINTE-PI e o Comitê Piauí- Campanha Nacional pelo Direito à Educação, a comissão divulgou o resultado da consulta realizada aos estudantes.  A pesquisa foi realizada de 08 a 28 de junho de 2020, através da plataforma Google, e contou com participação de 188 estudantes de 14 municípios do Piauí.

De acordo com a consulta, 86,6% dos estudantes da rede pública estadual disseram ter dificuldades parcialmente ou total para a realização de atividades remotas e não tem acompanhado as aulas pela internet durante a pandemia. E mais de 60% dos que realizam atividade impressas ou via internet afirmam não estar aprendendo com as aulas remotas.

Para a coordenação da Consulta Pública, a Seduc ainda não informou sobre as condições para realização das aulas remotas. “Após o terceiro mês de adoção dessa medida a SEDUC-PI não informou aos educadores, aos estudantes, as famílias e sociedade piauiense, sobre quais medida adotará na solução dos problemas decorrentes a falta de equipamentos, internet de qualidade, planejamento das atividades de ensino, dentre outros, que se caracterizam com ações de violação e negligencia ao direito subjetivo dos adolescentes e jovens à educação”, destacou a coordenação.

É importante ressaltar que as atividades de estudos escolares presenciais implicam em uma diversidade de possibilidades, portanto em que medidas essas diversidades foram mantidas ou foram limitadas pelo estudo remoto? Que tipo de repercussão isto trará ao processo de formação? E como isto está sendo aferido?

A presidente do SINTE-PI, professora Paulina Almeida, destacou a preocupação com o aumento da desigualdade social a qualidade do ensino oferecida pela Seduc. “Nossa preocupação é com o aumento do distanciamento social, pois nem todos os tem acesso às aulas, por não ter internet e equipamento para acessar as aulas. Como vai ficar a qualidade de educação oferecida para os estudantes? A evasão escolar, infelizmente será uma realidade. Não é essa a educação que queremos oferecer aos nossos estudantes”, frisou Paulina.

Quando perguntados sobre acessar as aulas pelo Canal Educação (youtube ou TV Antares), oferecido pela Seduc, mais de 61% dos estudantes disseram não acessar, como mostra o gráfico a seguir.

Para Daniel Cara, coordenador geral da Campanha Nacional pelo Direito e professor da Faculdade de Educação da USP, “ Nós estamos diante de uma ameaça real de abandono escolar, de total desalento em relação ao processo de ensino-aprendizado. É importante dizer que há um esforço enorme dos professores em garantir o processo de ensino-aprendizado, de fazer com que os estudantes se envolvam nas aulas à distância, mas, concretamente, secretarias estaduais e municipais têm errado na questão do projeto pedagógico”.

 

Confira a íntegra da Consulta Pública

 

Fonte: www.sintepiaui.org.br


Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Publicações relacionadas